Curso Boas Práticas para Pessoa Idosa já capacitou mais de 2500 pessoas

O envelhecimento populacional é uma realidade, relativamente nova, que ocorre em escala mundial devido ao constante aumento da expectativa de vida e queda das taxas de natalidade. Isso proporciona uma transição demográfica que modifica, significativamente, a forma da pirâmide etária: a base composta por jovens fica estreita e o topo – representado por idosos – aumenta. Pensando nisso a empresa APOIO e o vereador Gilberto Natalini (PV/SP) organizam Cursos de Capacitação para a Pessoa Idosa, além de ser de autoria de Natalini a Lei (16.601/14) que cria o programa de cuidador de idosos na cidade de São Paulo.

1936244_502825513238967_4558883012843178981_n

“É preciso preparar o Brasil para receber, apoiar e dar autonomia ao contingente de pessoas idosas que aumenta, ano a ano!” Afirmação do vereador Gilberto Natalini ao abrir, nesta quinta-feira (19) os trabalhos da 18ª edição do Curso de Capacitação e Boas Práticas para a Pessoa Idosa que, desde 2013, recebeu e capacitou mais de 2500 pessoas.

13240484_502825519905633_4795383604374478822_n

Segundo o médico e vereador Natalini, “em nosso país a população de pessoas com mais de 60 anos de idade vem num crescente acelerado e o Brasil não tem preparado políticas públicas que acompanhem o envelhecimento da população”.
Para Natalini, “esse curso é um insight: precisamos preparar um grupo capacitado de pessoas para acolher, agora e no futuro, os idosos que devem ser tratados com amor e dedicação (lado humano) paralelamente com profissionalismo (lado técnico)”. O médico Natalini explica que “é preciso conhecimentos técnicos para cuidar de gente de qualquer idade mas, no caso dos idosos, além do afeto é preciso ter capacitação para não ter iniciativas erradas que podem vir a prejudicar, seriamente, a saúde e/ou recuperação do indivíduo”.
Em um único dia, o Curso de Capacitação e Boas Práticas para a Pessoa Idosa, realizado em auditório lotado na Câmara de São Paulo, capacitou mais de 150 pessoas. São práticas de como cuidar das necessidades prementes dos idosos (emergências em casa como quedas e queimaduras, entre outras); a importância da socialização (leitura em grupos, passeios, exercícios físicos e mentais etc) e processo de envelhecimento/doenças (AVC, diabetes, hipertensão…).
Para participar do curso e receber o certificado é preciso ter acima de 18 anos, escolaridade fundamental e, segundo a psicóloga Márcia Chorro, “muito amor pelo próximo e dedicação”.
O curso é um iniciativa da empresa APOIO e do vereador Gilberto Natalini e conta com a parceria das empresas Tena e Invel.
Maiores informações sobre o curso e inscrições no site apoiopsaudebemestar.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *