Câmara Municipal de São Paulo entrega Título de Cidadão Paulistano ao ambientalista José Pedro de Oliveira Costa

A Câmara Municipal de São Paulo, por iniciativa do vereador Gilberto Natalini (PV/SP), entregou o Título de Cidadão Paulistano, maior láurea da cidade de São Paulo, ao ambientalista José Pedro de Oliveira Costa. A cerimônia aconteceu nesta 3ª feira (28), às 19h, no Auditório Prestes Maia.

O homenageado é nascido em Taubaté – SP, em 29 de Setembro de 1945. É arquiteto, Mestre em Planejamento Ambiental pela Universidade da Califórnia – Berkeley, Doutor em Estruturas Ambientais, com distinção, pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, da qual foi professor por mais de 40 anos, Coordenador do Programa Conectividade junto ao Instituto de Estudos Avançados da USP.

É o principal responsável ou colaborou para a criação de mais de 150 áreas protegidas a nível municipal, estadual, nacional e internacional, entre elas os Parques Estaduais da Serra do Mar e de Ilhabela, a Estação Ecológica da Juréia, as Áreas de Proteção Ambiental do Litoral Paulista, da Serra do Mar, da Serra da Mantiqueira, Parques Nacionais do Tumucumaque, da Serra da Bodoquena, pelo reconhecimento da Serra do Mar e da Floresta Atlântica como Reserva da Biosfera e pela listagem de diversos sítios brasileiros como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Foi o propositor da Comissão Brasileira dos Primatas e da Comissão Permanente de Proteção dos Primatas Nativos do Estado de São Paulo, a Pró- Primatas, foi assessor especial do diretor do Centro de Patrimônio Mundial da UNESCO, o primeiro Secretário de Estado do Meio Ambiente de São Paulo.

Como Secretário Nacional da Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente se notabilizou pela articulação de criação de novas áreas protegidas, entre elas dois mosaicos de áreas marinhas com mais de 900 mil quilômetros quadrados. Foi presidente da Comissão do Programa o Homem e a Biosfera da UNESCO e do comitê de áreas úmidas da Convenção Ramsar.
Atualmente trabalha como pesquisador do Instituto de Estudos Avançados da USP onde lidera programas como o de Corredores Ecológicos para a América do Sul e a Operação Macaco que milita pela proteção de 35 espécies de primatas brasileiros ameaçados de extinção. Atua também como colaborador persistente de diversas Organizações Ambientalistas e da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo para a criação de novas áreas protegidas.
A homenagem se dá através do Decreto Legislativo nº 14, de 13 de fevereiro de 2019, por iniciativa de Natalini.
Na tarde de 28/05, aconteceu também na Câmara Municipal de São Paulo, o Encontro sobre Políticas Públicas e Proteção das Florestas Brasileiras, organizado pelo gabinete do vereador Gilberto Natalini e pela Rede de ONGs Mata Atlântica. 
“O meio ambiente é o último que fala e o primeiro que apanha. É muito importante que os ambientalistas estejam unidos. Essa homenagem que faço ao Zé Pedro por mérito, estende-se a todos os ambientalistas”, disse Natalini.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *