Dia Mundial da Asma é lembrado com evento na ALESP

Por ocasião do Dia Mundial da Asma, comemorado nesta 3ª feira (7), foi realizado nesta terça-feira (7/5) o primeiro Fórum de Asma Grave com o objetivo de discutir políticas públicas voltadas às pessoas nessa condição. O evento aconteceu na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. 

O encontro, organizado pela Casa Hunter, contou com a presença de autoridades, profissionais da área da saúde e pacientes. O vereador Gilberto Natalini (PV/SP), autor do Projeto de Lei que cria o Programa de Doenças Raras, não pôde estar presente, mas foi representado por sua assessora parlamentar Luciana Feldman.  

Durante o evento, foram debatidas iniciativas que facilitem o acesso da população ao acompanhamento médico adequado, a melhoria da estrutura de hospitais do estado, a assistência farmacêutica durante todo o tratamento, além de investimentos em setores estratégicos, como o de pesquisa.

Segundo dados de 2016 da Iniciativa Global Contra a Asma (GINA), mais de seis milhões de brasileiros são asmáticos e pelo menos três pessoas morrem asfixiadas todos os dias no país por falta de diagnóstico e tratamento adequado.
“Fiquei muito feliz com o pronunciamento do Secretário Cid Torquato apoiando a sanção do nosso projeto de lei que cria o programa de doenças raras na cidade de São Paulo. Existem de seis a oito mil tipos de doenças raras, em que 30% dos pacientes morrem antes dos cinco anos de idade; 75% delas afetam crianças e 80% têm origem genética. Precisamos da sanção urgente desse projeto para que essas pessoas recebam os devidos cuidados”, disse o vereador Natalini. 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *