Em meio à crise climática global, a Câmara Municipal de São Paulo sediou Evento preparatório para COP 25

O vereador Gilberto Natalini (PV-SP), promoveu nesta 4ª feira (13), na Câmara Municipal de São Paulo, um evento preparatório para Conferência das Partes da Convenção do Clima das Nações Unida – COP25, que acontecerá entre 2 e 13 de dezembro de 2019, em Madri.

Os eventos climáticos extremos já podem ser observados no mundo inteiro: as ondas de calor da Europa, furacões nos Estados Unidos, queimadas na floresta Amazônica e na Califórnia, enchentes na Índia, entre tantos outros.

O recente Relatório do IPCC afirmou que, para estabilizar o aquecimento global a 1,5ºC, as emissões globais devem ser reduzidas pela metade até 2030.

Diante desse cenário de crise climática global, evento na Câmara Municipal apresentou os principais desafios e expectativas para a COP25. O evento contou com a palestra do cientista e ambientalista Carlos Rittl, secretário-executivo do Observatório do Clima e do Diretor do Instituto de Biociências da USP e Membro do IPCC, Marcos Buckeridge.

“Os gestores estão em sua maioria fechando os olhos para as mudanças climáticas. Aqui em São Paulo estão fazendo vistas grossas para o desmatamento que está acontecendo de forma desenfreada. Estamos falando da água da cidade e ninguém faz absolutamente nada. Nós produzimos um dossiê apontando 90 áreas de remanescente de Mata Atlântica que estão sendo criminosamente devastadas, a imprensa cobriu, divulgamos no nosso site, nas redes sociais, levei pessoalmente o documento para mais de 200 autoridades e até agora ninguém se mexeu. Isso é um crime contra a vida”, disse Natalini.