Megacidades latino-americanas debatem gestão e futuro da água no mundo

Nesta terça feira (7), aconteceu a Conferência América Latina: Megacidades, Água e Mudança Climática, com representantes das megacidades latino-americanas de Bogotá, Buenos Aires, Cidade do México, Rio de Janeiro, São Paulo, Lima e Santiago, com objetivo de discutir os desafios e soluções para os problemas relacionados à gestão da água e mudanças climáticas na região. 

O evento foi organizado pela sede da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e aconteceu na sede da Prefeitura de São Paulo.
O encontro contou com a parceria da organização Governos Locais para a Sustentabilidade (ICLEI), da Associação de Pesquisa e Governos Locais sobre Água (ARCEAU Île-de-France) e do Sindicato Interdepartamental de Saneamento da Região Metropolitana de Paris (SIAAP, na sigla em francês). A conferência também teve o apoio da Agência Nacional de Águas (ANA) e da Prefeitura de São Paulo. 
O vereador Gilberto Natalini ( PV-SP) participou da apresentação sobre os desafios e oportunidades para a cidade de São Paulo. “As áreas de mananciais da região metropolitana de São Paulo, fundamentais para a manutenção da quantidade e qualidade dos recursos hídricos utilizados para o abastecimento público, estão sendo devastadas e ocupadas irregularmente, numa velocidade assustadora”, disse Natalini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *