OAB vai apurar a devastação da Mata Atlântica em São Paulo

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção São Paulo, Dr.Caio Augusto Silva dos Santos, determinou nesta segunda-feira (2 de setembro) a instalação de um grupo de trabalho para investigar o conteúdo do dossiê “A Devastação da Mata Atlântica no Município de São Paulo”, elaborado pelo vereador Gilberto Natalini (PV-SP).

O parlamentar reuniu-se no início da tarde com Caio Augusto na sede da OABSP, no Centro de São Paulo, para discutir o conteúdo do documento de 236 páginas. O dossiê traz 90 casos de desmatamento ocorridos nos últimos cinco anos. Segundo os cálculos de Natalini, já foram derrubadas 500 mil árvores neste período dentro do território da cidade de São Paulo.

Conforme determinou o presidente da OAB ao Secretário-Geral da entidade, Dr. Aislan de Queiroga Trigo, o vice-presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente da OAB, André Gustavo de Almeida Geraldes, ficará encarregado de, junto ao presidente da Comissão de Relações Governamentais da OAB, Marcel Cadamuro, e do presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB, Marcos Guimarães Soares, fazer gestões junto aos promotores de Meio Ambiente do Ministério Público, com a finalidade de obter explicações do Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo sobre o avanço dos crimes ambientais registrados na periferia do município. “A situação é muito grave”, afirmou Caio Augusto. “Isso tem de acabar”, pediu o vereador Natalini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *