População reivindica reabertura da UBS Vila Granada

A UBS (Unidade Básica de Saúde) Vila Granada, no bairro da Penha (zona leste), está fechada para reforma há seis meses. Na manhã desta 5ª feira (9) aconteceu uma reunião na EE Maria de Carvalho Senne, com a comunidade local, que discutiu a reabertura. O vereador Gilberto Natalini (PV/SP) e o Padre Ticão que foram alguns dos responsáveis pela abertura da unidade de saúde, em 1979, fizeram questão de participar da reunião.

O posto de saúde foi interditado em 3 outubro de 2018 pela Defesa Civil, pois tinha estrutura física em risco. A obra, entretanto, ainda não foi iniciada. A UBS Vila Granada está numa área de abrangência com 29.300 habitantes. A unidade realiza, em média, 950 consultas médicas, 6.200 procedimentos e 3.200 atendimentos na farmácia por mês.

Enquanto está fechada, parte das atividades, como terapias em grupo, está ocorrendo em uma escola próxima ao local. As consultas estão sendo marcadas na UBS Vila Esperança (1 km). A Prefeitura oferece carros para o transporte aos pacientes, mas a comunidade reivindica a reabertura da UBS Vila Granada.

O secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido dos Santos, não pôde estar presente na reunião, mas por telefone, se comprometeu a reabrir a unidade. Conversou com a Subprefeitura que ajudará a fazer a obra e em breve a UBS será reaberta.

“Participamos da abertura dessa Unidade de Saúde em 1979, junto com o Dr. Julio Cesar, Padre Ticão e tantos outros. Ela é muito importante para a região. Precisamos que seja reaberta com urgência”, disse Natalini. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *