Porto Velho realiza encontro para discutir psoríase

No último final de semana (21 e 22 de junho), o vereador Gilberto Natalini foi a Porto Velho- Rondônia, apresentar o trabalho que realiza em São Paulo pelas pessoas com psoríase. O evento aconteceu no Conselho Regional de Medicina de Rondônia (CREMERO) e contou com a presença de autoridades locais, profissionais da saúde, pacientes e familiares, entre outros interessados no assunto. 
Além de Natalini participaram do encontro Dr. Cid Yazigi Sabbag, médico, dermatologista, especialista em psoríase e Dr. Milton Sabbagg, psicólogo. Ambos realizam em São Paulo o Grande Encontro Municipal de Psoríase e Vitiligo, que já está em sua 17ª edição.

Psoríase é uma doença inflamatória da pele, crônica, não contagiosa, multigênica com incidência genética em cerca de 30% dos casos. Atinge 2% da população.

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho está priorizando a capacitação de seus profissionais. Essa observação foi feita pela secretária da Semusa, Eliana Pasini, ao discursar na abertura do Encontro de Psoríase de Rondônia.

“Todos os participantes desse encontro estão de parabéns, porque compartilhar conhecimento é fundamental para buscarmos melhorias para os serviços na área da saúde”, declarou a titular da Semusa, que teve a sua atuação elogiada pelo médico e vereador de São Paulo, Gilberto Natalini, que proferiu a palestra de abertura.
Ambos se conheceram há vinte anos, durante reuniões do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, do qual ele foi presidente pelo município paulista de Diadema, enquanto a titular da Semusa era a representante da Região Norte, na condição de secretária de saúde do município de Pimenta Bueno.
“Em São Paulo, a partir dos nosso encontros conquistamos muita coisa, já são 3 Centros de Psoríase, com máquina de fototerapia, instaladas com emendas de nossa autoria, além do 4º Centro que está para ser instalado na zona norte da cidade. Conseguimos a impressão de 300.000 folhetos educativos, a criação de um protocolo pela Secretaria de Saúde que foi entregue aos profissionais de saúde da rede pública, entre outras conquistas. Como dizia Mario Covas, não há governo ruim, para povo organizado. Basta ter organização que as melhorias acontecem”, disse Natalini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *