A Convenção do Partido Verde reuniu centenas de militantes verdes

A convenção do Partido Verde reuniu centenas de pessoas , domingo (24), na Câmara Municipal de São Paulo. O evento marcou a oficialização das candidaturas proporcionais (vereadores) e a coligação majoritária (prefeito).
Na oportunidade, Gilberto Natalini (candidato a vereador/ PV São Paulo) salientou que “a cidade precisa de grandes cuidados; está abandonada sofrendo má gestão do prefeito” e afirmou que “queremos uma São Paulo com o tamanho que ela merece com mais áreas verdes (chega de predação ambiental), atendimento à saúde condizente com as necessidades da população; creches e escolas que atendam a demanda e gestão transparente para que o cidadão possa acompanhar todos os atos do Executivo, entre outros.
Presentes à convenção os presidentes do PV nacional, José Luiz de França Penna; estadual, Marcos Belizário e municipal, Arnaldo Juste, além do líder do PV no Senado, Álvaro Dias e o empresário e jornalista João Doria que oficializou candidatura à Prefeitura de São Paulo pelo PSDB.
Na convenção, Doria ressaltou as “inúmeras qualidades” do candidato à reeleição pelo PV, vereador Gilberto Natalini ao afirmar que “Natalini é um homem como poucos, um exemplo como cidadão e político exemplar”. Para João Doria, “precisamos de mais políticos como Natalini que nos honra com seu mandato”.
O PV também incentiva a participação de mulheres que ainda são minoria em cargos políticos. Nas eleições municipais de 2012, segundo o Tribunal Superior Eleitoral/ TSE, foram eleitas 7.648 vereadoras, um total de 13,3% vagas. O número é considerado baixo pois as mulheres representam mais de 50% da população brasileira.
PV/ História
No Brasil, o Partido Verde foi fundado em 1986 por um grupo de ambientalistas e de ativistas de movimentos sociais importantes.
Dentre as ideias defendidas pelo PV está o desenvolvimento sustentável como única forma de garantir que a população do país, em sua totalidade, tenha acesso às coisas básicas (diminuição da desigualdade social).
O PV é dividido no Estado em 21 bacias hidrográficas; na Capital são 4. As bacias hidrográficas são as administrações regionais do PV no estado de São Paulo e congregam as executivas municipais do partido.
O vereador Gilberto Natalini é filiado ao PV desde 2011.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *