Pandemia provoca diminuição de pacientes com outras doenças em hospitais

O medo de contaminação do novo coronavírus está fazendo com que algumas pessoas deixem de lado problemas de saúde que demandam cuidados sérios, como câncer e outras doenças crônicas.

Segundo a informações da CNSAÚDE (Confederação Nacional de Saúde), enquanto hospitais que tratam doenças infectocontagiosas, como a Covid-19, estão cheios, a demanda por leitos clínicos em outras especialidades teve queda de 50% no Brasil. Tem serviços, como na área de oncologia, em que a procura caiu 70%. Já as UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) estão cheias.

A Confederação criou uma campanha alertando que doenças que demandam terapias e cuidados especiais não devem ser interrompidos. “O objetivo é evitar o agravamento no quadro de pacientes que dependem de tratamento contínuo para garantir a qualidade de vida ou mesmo a própria sobrevivência. A paralisação dos atendimentos pode ainda aumentar a demanda por leitos que, hoje, se encontram escassos por conta da Covid-19”, detalha o presidente da CNSAÚDE, Breno Monteiro. Cardiologia, Oncologia, Nefrologia (hemodiálises), Obstetrícia (pré-natal), entre outras áreas, estão no foco do esforço, assim como os cuidados pós-operatórios.

SEGURANÇA HOSPITALAR

Para garantir a segurança dos pacientes alguns protocolos devem ser seguidos pelas unidades de atendimento. Os hospitais e clínicas devem contar com entradas separadas para pessoas em tratamento de outras doenças, postos avançados para atender pacientes não-Covid, treinamento reforçado de profissionais sobre o uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e a testagem constante dos profissionais.

CUIDADOS

Aos pacientes, é fundamental o contato com o médico responsável ou hospital para informações e esclarecimentos sobre o melhor caminho a ser seguido na continuidade do tratamento. As orientações também abrangem os cuidados que o doente e seu acompanhante devem tomar ao para sair de casa:

*Use máscaras;
*Evite locais com aglomeração;
*Lave as mãos sempre que possível ou utilize o álcool gel para higienização;
*Use blusas de manga comprida;
*Prenda o cabelo e evite brincos e anéis;
*Ao tossir e espirrar, cubra o rosto com o antebraço;
*Não toque o rosto se as mãos não estiverem limpas.

Fonte: Confederação Nacional da Saúde

About natalini