Vacina, Vacina, Vacina!

Chegaram as vacinas contra a Covid-19. A Ciência se mexeu com rapidez.

O Brasil, por inação do Governo Federal, patinou e por muito pouco não perdeu o bonde da vacina.

Essa inação é proposital pela posição negacionista e irresponsável do Presidente Bolsonaro frente à pandemia.

A vacina se tornou disputada pela humanidade. E o Brasil que poderia estar na vanguarda da produção e aplicação da vacina está na rabeira.

Só vacinamos 2% da população com a 1ª dose. E em muitos lugares está parando por falta de vacina no Brasil.

Isso é catastrófico, entra no campo do crime contra a saúde pública e a vida das pessoas.

Nosso povo, por absoluta necessidade de sobrevivência econômica, ou por desleixo mesmo, não cumpre as regras do isolamento social e de higiene.

Após o fim do auxílio emergencial de R$ 600,00, criado pelo Congresso Nacional, o Presidente Bolsonaro acena com um auxílio de R$ 250,00, por 3 ou 4 meses.

Sem vacina suficiente, sem regras de prevenção obedecidas, com ínfimo auxílio emergencial, sem gerenciamento da crise sanitária pelo Governo Federal, realmente não sabemos para onde irá o Brasil nesse 2021.

O caminho mais seguro é o da vacina! Mesmo que o Governo faça corpo mole e tenha má vontade.

Por isso, os brasileiros com responsabilidade e amor ao Brasil, precisam de forma ampla e combativa se mobilizar democraticamente num grande e poderoso Movimento Pró-Vacina. Isso é urgente! Inadiável!

O Instituto Butantan e a Fiocruz, a ANVISA, os Cientistas, os diversos laboratórios, os sanitaristas, os profissionais de saúde, podem dar agilidade na produção, aquisição e aplicação de vacinas.

Só a mobilização social vai fazer o Governo Brasileiro se mexer.

Vacina já, para TODOS!!!!

Gilberto Natalini- Médico e Ambientalista

                                                                                                                                      

About natalini