Vitória! CONPRESP defere recurso de Natalini e mantém o tombamento da Praça Vilaboim

Segunda feira (9/12) foi mais um dia de vitória para o mandato do vereador Gilberto Natalini (PV-SP), sempre na luta pela preservação da memória de São Paulo.

Após o caso do eixo histórico-urbanístico do Ipiranga, do qual o recurso de Natalini foi deferido no mês passado, agora foi a vez do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental (CONPRESP) recuar e indeferir mudanças no tombamento da Praça Vilaboim, no bairro de Higienópolis, em São Paulo.

O recurso parlamentar, de fevereiro deste ano, que pedia a revisão da deliberação anterior do CONPRESP foi pautado e votado, em reunião na Secretaria Municipal de Cultura. Com oito votos favoráveis e somente um contrário, o presente questionamento do parlamentar e de entidades de patrimônio foi deferido, conseguindo frear a continuidade de um projeto de prédio que afetaria a visibilidade não só da praça, mas também do icônico Edifício Louveira, marco da arquitetura modernista, um dos projetos mais conhecidos de Vilanova Artigas.

Diante deste contexto, a Praça Vilaboim será preservada, na sua ambiência urbana e como tal deverá ser respeitada. Sem o recurso, a paisagem local tão ameaçada pelos especuladores imobiliários poderia ser destruída e assim, causar uma cadeia de decisões contraditórias não só em Higienópolis, mas em toda a cidade de São Paulo.

O vereador espera que a decisão traga novos horizontes para a pauta do patrimônio em 2020, pois é inaceitável flexibilizar tombamento, afetar o interesse público ao direito deste patrimônio ambiental e cultural.

“Precisamos preservar a nossa memória e lutar para deixar uma cidade melhor e mais sustentável para os nossos filhos, equilibrando o adensamento, sem descuidar de seu patrimônio” disse Natalini.