Psoríase atinge órgãos vitais do corpo humano

1% a 3% da população mundial, ou seja, quase 200 milhões de pessoas tem psoríase

Por iniciativa do Vereador Gilberto Natalini (PV) e do Dr. Cid Sabbag, aconteceu nesse sábado (26/10), o 11º Grande Encontro de Psoríase e Vitiligo. Foi um sucesso! 2200 inscritos, 1800 participantes durante todo o dia. A abertura estava lotada, os protocolos e os cursos específicos também.

Psoriase2013

A psoríase é uma doença que causa placas avermelhadas, espessas e descamativas na pele, por esse motivo é muito confundida com outras doenças como: micose, alergias, seborréia, entre outras. Além disso, ela pode afetar tendões e articulações, chamada psoríase artropática. que requer acompanhamento com médico reumatologista em parceria com o dermatologista. A questão é que por muitos anos a psoríase foi definida como uma doença de pele, mas recentemente isso mudou, ela é sistêmica, isto é, além da pele, atinge também órgãos importantes do corpo, como o coração. Além da genética, outros fatores estão envolvidos no aparecimento e evolução da doença: o psicológico, estresse, exposição ao frio, uso de certos medicamentos e ingestão de bebidas alcoólicas.

Psoriase2013b

Com mais de três milhões de brasileiros e pouca informação, a falta do diagnóstico definitivo de psoríase pode causar sérias conseqüências. “Quem foi mal diagnosticado e tem psoríase há muito tempo pode desenvolver a síndrome metabólica, com o acometimento de outros órgãos, levando ao aumento do risco cardiovascular e, consequentemente, ao risco de morte”, explica o Dr. Cid Yazigi Sabbag, dermatologista, especialista no assunto e Diretor do Centro Brasileiro de Estudo em Psoríase. Para um diagnóstico adequado, o paciente deve se submeter a um exame clínico com o dermatologista, que fará uma análise “visual”. Caso seja necessário, é realizada a biópsia da pele para confirmar a doença.

Psoriase2013a

Com o intuito de fornecer mais informação à população em geral, para pessoas que tem a doença, familiares e aos profissionais da área de saúde e trazer as últimas novidades apresentadas nos congressos internacionais sobre psoríase, aconteceu, novamente na Câmara Municipal de São Paulo, no dia 26 de outubro a 11ª edição do Grande Encontro de Psoríase e Vitiligo. O evento além de proporcionar a troca de experiências entre os pacientes e médicos, disponibilizou protocolos voltados aos profissionais de enfermagem, fisioterapia, nutrição e podologia. A novidade do Encontro foi o 1º Curso de Farmacologia,aconteceram também o 4º curso de capacitação em psoríase para médicos e estudantes de medicina e o 2º curso de capacitação em psoríase para odontologia.

Psoriase2013c

Dr. Sabbag, um dos idealizadores do Encontro junto com o médico e vereador Gilberto Natalini, autor do projeto de lei 286/2007 que dispõe sobre o Programa de Apoio às Pessoas com Psoríase, relata que esse evento é o único no Brasil que tem como foco principal os pacientes e seus familiares. “O objetivo é disseminar cada vez mais as informações corretas sobre essas doenças, levando ao tratamento adequado, evitando as co-morbidades (doenças relacionadas) e garantindo o bem-estar do paciente, para que ele tenha uma vida normal.”, completa. “Somente a conscientização poderá contribuir para acabar com o preconceito”, ressalta. “Essa iniciativa vem ao encontro do trabalho que venho desenvolvendo há anos em prol da saúde em nosso País. Nesse ano 1.800 pessoas passaram pela Câmara Municipal. É extremamente gratificante e nos impulsiona a trabalhar cada vez mais a favor dessas pessoas”, complementa Natalini.
Apesar dos tratamentos, ainda não existe cura para essa doença que não é contagiosa, mas é possível controlá-la e levar uma vida normal. As lesões podem desaparecer e não reaparecer durante muitos anos. Porém, para a maioria dos pacientes, a psoríase é uma doença crônica com períodos de erupções e períodos sem manifestações visíveis.
Serviço:
11º Grande Encontro de Psoríase e Vitiligo
26 de outubro de 2013 (sábado) l 8h30 às 17h00
Câmara Municipal de São Paulo – Viaduto Jacareí nº 100 – centro

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.