Câmara realiza sessão solene pelos 461 anos de Santo Amaro

Evento é uma iniciativa do vereador Gilberto Natalini, autor do
Projeto de Lei que inclui os festejos no calendário oficial da cidade

Santo Amaro é um dos bairros mais antigos de São Paulo, dois anos mais velho que a própria capital, e sempre promove iniciativas para preservar sua memória e tradições históricas. Uma delas é a Sessão Solene da Câmara Municipal, em comemoração ao aniversário do bairro, que em 2013 completa 461 anos. Idealizada e presidida pelo vereador Gilberto Natalini (Partido Verde), aconteceu em 19 de fevereiro, na sede da Associação Comercial de São Paulo – Distrital Santo Amaro. Também por iniciativa do vereador, que mora e tem consultório médico no bairro, as comemorações do aniversário de Santo Amaro entraram para o calendário oficial de eventos da capital. “É a maneira que encontramos de estimular ainda mais a manutenção da cultura local”, informa Natalini. Foram homenageados 6 personalidades do bairro, são eles: Rosely Ugolini, Rodrigo Fittipaldi, Jorge Mello, Hércules Vallim, Sergio Satomi e Iracelio Perez.

fotos 19-02-2013 ACSP Sto Amaro 074

A história mais conhecida para o significado do nome do antigo município é uma pequena imagem de Santo Amaro, doada pelo casal João Paes e Suzana Rodrigues à capelinha Nossa Senhora da Assunção de Ibirapuera, ponto central de um aldeamento de índios catequizados.
Em 1686, o bairro se tornaria, pela primeira vez, distrito de São Paulo, e algumas décadas mais tarde, receberia sua primeira leva de imigrantes alemães. Em 1737, surge o primeiro caminho ligando Santo Amaro a São Paulo, num trajeto que durava cerca de um dia.
O início do século XIX foi um momento importante para a consolidação de Santo Amaro. Uma segunda leva de imigrantes chega ao local e em 1829 ocorre uma grande distribuição de terras na região, fortalecendo a ocupação da área. Em 1832, a até então freguesia é elevada à categoria de vila e se torna município independente.
A inauguração da primeira linha férrea que ligava a vila à cidade de São Paulo foi assistida pelo imperador D Pedro II, em 1886. Posteriormente, ela seria substituída por bondes.
Três anos após o centenário do município, em 1935, o interventor federal Armando Sales Oliveira expediu um decreto que anexou Santo Amaro a São Paulo. Esse fato ocorreu em razão da inauguração do aeroporto de Congonhas em 1934.
Para se tornar o bairro que conhecemos hoje, Santo Amaro passou por um forte processo de industrialização na década de 40. O local se tornou um importante centro comercial e residencial.

fotos 19-02-2013 ACSP Sto Amaro 036

Nota-se que toda essa urbanização acelerada do local trouxe também alguns desafios em relação à sua infraestrutura. “Batalho pela recuperação e manutenção do bairro”, diz o vereador Gilberto Natalini. “É um dos mais importantes de São Paulo e merece nossa atenção.”
Logo na entrada de Santo Amaro, não há como não se surpreender com a enorme estátua de Borba Gato que nos recebe. A obra do professor Júlio Guerra encontra-se junto á um mural de mosaicos, também do artista, que retrata a história do local.
O Largo Treze, que foi o centro de Santo Amaro, abriga a nossa Catedral, fundada em 1924 e elevada a essa condição em 1989, através de um decreto do papa João Paulo II. Nela encontra-se a imagem de madeira que deu nome ao bairro. “O povoado cresceu em torno da igreja”, conta, orgulhoso, padre Rogério que, junto com o bispo Dom Fernando Figueiredo, é um dos grandes batalhadores pela restauração de um dos nossos patrimônios mais importantes.
Assim é Santo Amaro. Muito mais do que um bairro, uma peça de nossa história, repleta de detalhes ricos para nos ensinar e surpreender. Não restam muitas palavras a não ser parabéns. Parabéns por todas suas conquistas e superações! Parabéns pelos seus 461 anos!
Metrô até o centro
A conclusão da Linha 5-Lilás do Metrô, prevista para os próximos anos, é uma das obras mais aguardadas pelos santamarenses. Vai ligar o Capão Redondo à estação Santa Cruz da Linha 1-Azul, cruzando o bairro “e permitindo finalmente o acesso ao centro da cidade”, como lembra o vereador Gilberto Natalini (PV). A linha já funciona parcialmente, ligando o terminal Santo Amaro ao Capão Redondo e oferecendo integração com os trens da CPTM. “Essa obra vai mudar a face do bairro, trazendo enorme valorização”, comenta o diretor da Ciesp Distrital Sul, Leonardo Ugolini.
Unifesp: realidade consumada
Dois anos atrás, Santo Amaro recebeu a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O terreno do novo campus foi definido em 2005, em um decreto de desapropriação assinado pelo então prefeito José Serra. O vereador Gilberto Natalini, em articulação com o prefeito Gilberto Kassab, batalhou e conseguiu apoio dos vereadores ao projeto de lei que garantiu a execução do decreto e consequentemente a realização das obras.
Além da educação, a Unifesp oferece espaços e serviços à comunidade. O local abrigará um centro de medicina esportiva, uma nova unidade da Universidade Aberta à Terceira Idade e uma expansão do programa de apoio ao primeiro emprego.
Preservação do meio ambiente
Santo Amaro tem uma invejável área verde, sendo possível caminhar pelo bairro sob a sombra e árvores ou descansar em praças com a vegetação bem cuidada. Temos ainda uma grande variedade de parques, que preservam a fauna e a flora.
Um importante projeto em andamento, e que conta com apoio da comunidade local e de autoridades públicas, é a recuperação do córrego do Cordeiro, que nasce em Cidade Ademar e cruza o parque de mesmo nome localizado no bairro. Ele já foi contido em Cidade Ademar. O objetivo agora é preservá-lo e garantir o equilíbrio do ecossistema.
O parque do Cordeiro foi inaugurado em 2007, após oito anos de recuperação da área do local.
A prefeitura constatou 28 espécies diferentes de animais, incluindo duas de peixes e duas de mamíferos, além de aves ameaçadas de extinção como o maracanã-nobre e a araponga.
“Melhorar a vida das pessoas”
Santo Amaro passou nos últimos oito anos por um importante processo de recuperação.
“Nosso objetivo sempre foi facilitar o acesso e garantir a qualidade de vida da população”, diz o vereador Gilberto Natalini.
Nos últimos anos, mais de 300 quilômetros de vias foram recapeadas, incluindo as avenidas Santo Amaro, João Dias e Washington Luís. Praças e calçadas também receberam atenção especial. O vereador Gilberto Natalini obteve uma emenda orçamentária destinando recursos à reforma da Praça Floriano Peixoto, no Largo 13 de Maio. Natalini também batalhou pela reforma de mais de 12 mil metros quadrados de calçadas, de acordo com o programa Passeio Livre, que estabelece parâmetros de acessibilidade. Outra que recebeu reparos foi a praça Rui Amorim Cortez, na Chácara Santo Antônio – o local abriga anualmente a festa portuguesa Santo Antônio da Chácara.
“É uma festa que integra o calendário oficial da cidade e esse é o principal indicativo da sua importância”, comenta orgulhoso Carlos Milaré, da Câmara Americana de Comércio e líder comunitário local. “Obtivemos a reforma da praça e oficialização do nosso principal evento”, complementa o senhor Jorge Harrald Muller, presidente da Ação Comunitária da Chácara Santo Antonio.
Segundo o vereador Gilberto Natalini, que destinou recursos do orçamento para a reforma da praça e é autor do Projeto de Lei que coloca a festa no calendário da cidade, “esse é um evento de extrema importância para Santo Amaro; por esse motivo faço questão de ser um colaborador assíduo, ao lado do amigo Rodrigo Fittipaldi do Clube Amigos do Planeta.”
Preservando a memória
Uma das metas dos moradores é garantir a preservação da cultura histórica de Santo Amaro.
Obras importantes foram realizadas recentemente para assegurar sua conservação e bom estado.
A Catedral, que abriga a imagem que dá nome ao bairro, teve seu teto reformado graças à articulação da sociedade civil com o poder público e agora em janeiro abrigou a missa oficial do aniversário do bairro. Foram obtidos R$ 2 milhões para a restauração do prédio.
O Mercado Municipal tem valor histórico e comercial, pois até hoje serve como entreposto para vários bairros da zona sul. O vereador Gilberto Natalini articulou junto à prefeitura recursos para a reforma do espaço para atender todas as especificações sanitárias.
Comida boa e barata
O Bom Prato Santo Amaro é uma tradição do bairro – completa 12 anos em 2013. O projeto se concretizou a partir de um esforço coletivo da comunidade local, oferecendo alimentação de qualidade com preço acessível.
“Sempre batalhamos pela implantação desse serviço no bairro”, comemora o vereador Gilberto Natalini. As refeições são monitoradas por nutricionistas. Elas avaliam critérios calóricos, combinação de alimentos, densidade, coloração e apresentação.
O tradicional restaurante, para quem quiser conhecer, fica na rua Mario Lopes Leão, 685. Anote o horário de funcionamento: 2ª feira à 6ª feira, das 10h30 até o término das 2.040 refeições.
Em defesa da mulher
O Centro de Cidadania da Mulher de Santo Amaro foi inaugurado em 2005 mas até hoje emociona o vereador Gilberto Natalini. Ele era secretário de Participação e Parceria do prefeito José Serra quando defendeu e conquistou a implantação do serviço no bairro.
O espaço é um local de debates de temas relacionados à construção de cidadania da mulher e sobre as políticas públicas que envolvem a questão de gênero. “Um local de convivência com ambiente acolhedor que oferece oportunidades de reconhecimento e desenvolvimento de potenciais, troca, integração e interação das mulheres”, sintetiza Natalini.
Desde a sua abertura o centro já realizou 50 mil atendimentos, entre oficinas e atendimentos de orientação jurídica. Oferece oficinas corporais, de geração de renda, de Iniciação profissional e participação em atividades externas (conferências, exposições fóruns, entre outros). Fica na rua Mário Lopes Leão, 240.
Como tantos avanços a comemorar, a sessão solene que aconteceu no dia 19 de fevereiro, na sede da Associação Comercial de São Paulo – Distrital Santo Amaro, foi um evento emocionante e aglutinador das principais lideranças santamarenses. “Faz parte da tradição do nosso bairro preservar os bens materiais, a cultura e as tradições históricas”, festeja o vereador Natalini.
SERVIÇO
Sessão Solene da Câmara Municipal de São Paulo em comemoração aos 461 anos de Santo Amaro
Data: 19/02/2013
Local: Associação Comercial de São Paulo- Distrital Santo Amaro
Av. Mario Lopes Leão, 406- Santo Amaro

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.