Comissão de Meio Ambiente vistoria o Parque Toronto em Pirituba

Os membros da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de São Paulo, presidida pelo vereador Gilberto Natalini (PV/SP), realizaram vistoria no Parque Toronto, no dia 16 de outubro, a pedido da comunidade local. O parque fica na Av. Cardeal Motta, nº 84- Pirituba.

PqToronto02

A vistoria resultou da decisão dos vereadores presentes à reunião da Comissão de Meio Ambiente de 07/10/2014, em face de rumores frequentes entre os moradores do entorno do Parque Cidade Toronto, de que há lançamento de esgotos no Córrego que traz água para o lago ali existente. A Comissão decidiu, então, realizar a vistoria para avaliar in loco as condições mencionadas. Convidou para a mesma, além de membros do Conselho Gestor do Parque e moradores do entorno, representantes da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, do Departamento de Parques e Áreas Verdes e da Administração do Parque, da Subprefeitura de Pirituba – Jaraguá e da Unidade de Gerenciamento Regional Pirituba da SABESP.

PqToronto01

A comitiva foi recebida pela Administradora do parque, Rosemeire Luciana Ferreira Aguiar, que acompanhou todo o trajeto realizado. É preciso realizar com urgência o desassoreamento do Lago e a reconstrução da passarela destruída. O local possui uma rica avifauna e é um espaço verde importante na cidade de São Paulo.
Os técnicos informaram que não há contaminação do Lago pelo lançamento de esgotos, vez que a qualidade daquela água é verificada mensalmente, por meio do Programa Córrego Limpo (e de outro programa da SVMA que monitora a água dos parques), e encontram, normalmente entre 6 a 10 mg/L de Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), quando o nível máximo admissível seria de 30. Quanto às duas bocas de lobo visíveis no local, defenderam que se trata de lançamento de águas pluviais, que, eventualmente, podem conter algum poluente, seja carreado pelas chuvas, seja algum óleo resultante de limpeza de veículos pelos proprietários nas vias locais. No entanto os moradores relatam ocorrência de odores e de espuma, denotando poluição.
“Ainda não estamos satisfeitos com o que vimos, a Comissão de Meio Ambiente continuará investigando a situação do parque”, disse Natalini.

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.