Desperdício em estoque de uniformes e Natalini entra com ação popular

Vereador Gilberto Natalini (PV) entrou, na terça-feira (12) com ação popular com pedido de liminar junto à Fazenda Pública de São Paulo em razão do desperdício em estoque de uniformes. São 156,5 toneladas de peças herdadas do governo Gilberto Kassab (PSD) que estão armazenadas, há três anos, em um depósito em Guarulhos ao custo de R$ 15 milhões até o final deste ano de 2016.

1460591661788

Embalados. Kits nas cores azul e verde estão em depósito de Guarulhos; para MP, gestão ‘repetiu erro’ ao renovar contrato Foto: RAFAEL ITALIANI/ESTADAO

Os uniformes armazenados chegaram à Secretaria Municipal de Educação entre os anos 2010 e 2013 nas cores usadas pela antiga administração: azul e verde; como as peças da atual administração agora são azul escuro e branco a “solução” encontrada pela Prefeitura foi estocar as peças.
A denúncia partiu do vereador que esteve vistoriando, neste mês de abril, no depósito da empresa Integra Soluções Logísticas.
Segundo Gilberto Natalini, o fato demonstra “o descaso com a coisa pública a um custo altíssimo; somente com a guarda dos uniformes inservíveis eram gastos R$ 470 mil anuais”. Além disso, prossegue o parlamentar, “com os materiais escolares dos anos 2009,2010 e 2011, que não foram utilizados, o gasto estimado foi de R$ 340 mil anuais”.
Na ação popular, o vereador sinaliza para outro desperdício da coisa pública: “são 9.869 móveis sem previsão de destinação que ocupam espaço de 4.474 m³ a um custo anual de R$ 919 mil, além de R$ 70 mil mensais para a armazenagem do mobiliário de 83 novas escolas municipais e mais R$ 79 mil anuais para o armazenamento de 333 bicicletas de bambu”.
O vereador também enviou Requerimento ao secretário municipal da Educação, Gabriel Chalita solicitando informações sobre o armazenamento de uniformes. Entre outras indagações, Natalini inquire, por exemplo, por que a atual administração mudou o formato e as cores do kit de uniforme escolar distribuído na gestão anterior”.
 

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.