FISESP comemora 70 anos com apresentação da Orquestra Filarmônica Jovem de Israel

A Federação Israelita do Estado de São Paulo comemorou 70 anos, com apresentação da Orquestra Filarmônica Jovem de Israel, na Sala São Paulo, na última 4ª feira (15). O vereador Gilberto Natalini (PV), que é um amigo da comunidade judaica, fez questão de participar do evento. 


A Orquestra Filarmônica Jovem de Israel, formação que prepara músicos para a aclamada Filarmônica de Israel, está em nova turnê brasileira. No programa, duas obras de Brahms, uma delas o Concerto Op. 77, tendo como solista o prodigioso violinista Guy Braunstein (músico que por treze anos foi spalla da Filarmônica de Berlim). A regência é do maestro Eyal Ein-Habar.

Reconhecidamente de altíssimo nível, a Orquestra Filarmônica Jovem de Israel traz “o selo de aprovação” da Orquestra Filarmônica de Israel, aclamada como uma das melhores do mundo. Vale dizer que se apresenta todos os anos sob regência de Zubin Mehta e tem dois discos gravados com o legendário maestro.

O concerto teve a participação de cinco alunos brasileiros que integram o programa de bolsas de estudos para jovens talentosos do mundo todo.
A ORQUESTRA FILARMÔNICA JOVEM DE ISRAEL
A Orquestra Filarmônica Jovem de Israel, da Escola de Música Buchmann-Mehta da Universidade de Tel Aviv, é a orquestra que prepara músicos para a Orquestra Filarmônica de Israel, oferecendo a eles um abrangente programa de treinamento orquestral. Nesse programa, os estudantes trabalham junto aos principais instrumentistas da Orquestra Filarmônica de Israel e integram a orquestra em grandes concertos pelo mundo, como parte do programa de estágio. Master classes com maestros convidados e solistas, que proporcionam aos estudantes um enriquecimento profissional do mais alto nível artístico.
A orquestra dispõe de um programa de bolsas de estudos para jovens talentosos carentes do mundo todo – vários brasileiros já foram agraciados.
O diretor do programa de treinamento orquestral é o maestro Eyal Ein-Habar. Entre os músicos que têm colaborado com a Orquestra Filarmônica Jovem de Israel estão os maestros Zubin Mehta, Christoph von Dohnányi, Gustavo Dudamel e Kurt Masur e os solistas Yo-Yo Ma, Itzhak Perlman, Maxim Vengerov, Julian Rachlin, Mischa Maisky, Menachem Pressler e Yefim Bronfman.
A Orquestra Filarmônica Jovem de Israel mantém séries de concertos na Universidade de Tel Aviv e se apresenta anualmente sob a batuta do maestro Zubin Mehta no Mann Auditorium em Tel Aviv.

About natalini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *