Heróis e Mártires da Segunda Guerra Mundial foram homenageados em Sessão Solene

O Vereador Gilberto Natalini (PV) e as entidades Sherit Hapleitá,  B´nai B` Rith do Brasil e UNIBES realizaram sessão solene em recordação aos heróis e mártires da segunda guerra mundial. Fizeram parte da mesa diretora:  Vereador Natalini, Abraham Goldstein- Presidente da B´nai  B´Rith Brasil, Nanete Konig– Sobrevivente do Holocausto, Sr. Yoel Barnea- Cônsul Geral de Israel em SP, além de FEB, Exército e  entidades judaicas.

4cac5fe9-05f0-4ac1-b8c3-7c456583fbc5

As entidades comunitárias em diversos estados brasileiros se uniram na promoção de vários eventos para homenagear os heróis e mártires da 2ª Guerra Mundial, incluindo os que pereceram no Holocausto, os sobreviventes da perseguição nazista, os que lutaram a favor da democracia como os pracinhas da FEB e os soldados brasileiros judeus que se integraram nesta luta.

1c065006-4345-4643-97d8-d971f32ef1d9

A Sessão Solene em Comemoração ao Dia da Recordação dos Heróis e Mártires da II Guerra Mundial, instituído pela Lei Municipal nº 11.844 de 1995, aconteceu no dia 6 de junho, às 19 horas, na sede da B´Nai B´Rith do Brasil.  Desde 1995 vem se realizando essa sessão solene, e já foi  sediada por diversas entidades como Câmara Municipal de SP, Fisesp, Centro de Cultura Judaica, A Hebraica de São Paulo e Macabi.
“O Holocausto é sem dúvida nenhuma o evento mais trágico nos anais do povo judeu e provavelmente também um dos mais calamitosos na história da humanidade”, disse Yoel Barnea, Cônsul Geral de Israel em São Paulo.

d354eab7-f96c-4c2f-9855-c2791f5e0feb

 Como nos anos anteriores, a Sessão Solene contou com a presença de alunos das escolas públicas e autoridades da Força Expedicionária do Brasil- FEB.   Na ocasião, sobreviventes do Holocausto acenderam seis velas em memória dos 6 milhões de judeus que pereceram e representantes da FEB acenderam uma vela em memória dos pracinhas.

13406981_144955195917037_4854852972406853086_n

“A vigilância interna é o preço da liberdade”, disse Nanete Konig, sobrevivente do Holocausto.

3ee4c714-8681-4518-9ccd-9bce0f555ca5

A Orquestra de Cordas Laitare e a peça de teatro Mergulho, dirigida por Leslie Marko abrilhantaram o evento.

8ee9183f-16e1-4227-9304-f698ef137cf1

“Realizo essa Sessão Solene há 14 anos, o Holocausto existiu e esse fato precisa ser lembrado para que nunca mais se repita. Infelizmente não poderemos mais contar com a presença de Ben Abraham, nosso amigo dileto, grande ativista da causa, que jurou que se sobrevivesse ao Holocausto contaria ao mundo o que foi aquela barbárie. Foi o que ele fez até o dia da sua morte. Em homenagem a esse grande homem e a todos os sobreviventes do Holocausto, daremos continuidade a esta Solenidade, até quando for possível”, disse o vereador Gilberto Natalini.
 
 

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.