Plano Diretor Estratégico causa danos à cidade de São Paulo

O Plano Diretor Estratégico – PDE (Lei Municipal 16.050 de 31/07/2014) recentemente aprovado, foi criticado duramente pelo vereador Gilberto Natalini (PV/SP), que reportava-se a necessidade de estudos qualificados em cálculos de base ali inexistentes, e de ser precedido este por uma efetiva política de desenvolvimento urbano.

vm

Foram decididos adensamentos em eixos de transportes públicos sobre rodas e em áreas envoltórias a estações do Metrô, que mal estudados irão definitivamente trazer inviabilidade à vida dos cidadãos em quaisquer dos bairros da cidade. Por não entender ser essa a melhor solução para uma moderna urbanidade, Gilberto Natalini votou então contrariamente a esse plano urbano.
Na ocasião, Natalini apresentou um substitutivo com as ideias corretas de planejamento urbano elaborado em conjunto com o arquiteto Cândido Malta, sendo auxiliado por Lucila Lacreta, Luiz Carlos Costa e Ivan Maglio, além de realizar encontros entre urbanistas de todas as tendências do urbanismo no Brasil para discutir a fundo o assunto.

v madalenal

Nada disso foi considerado. “Nota zero para esse ‘modus operandi’ de fazer mal feito o que deveria ser exemplarmente executado, com todos os que deveriam ser ouvidos sendo ouvidos e, levados à sério, em sua competência maior, para indicarem caminhos seguros ao melhor desenvolvimento nesta complexa cidade de São Paulo”, disse Natalini.
A comunidade da Vila Madalena saiu neste sábado (18/10) em passeata por inúmeras ruas do bairro, pedindo a adesão dos seus vizinhos ao pleito de participarem democraticamente do que está sendo decidido pelo governo municipal quanto ao uso e à ocupação do solo. O vereador Gilberto Natalini não pôde estar presente, mas foi representado por seu assessor de urbanismo Sergio Martins. Também participaram do ato, os urbanistas Cândido Malta e Lucila Lacreta. Reivindicou-se inclusive a imediata revisão do referido Plano.

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.