Viveiro Manequinho sem mudas

Viveiro Manequinho Lopes, no Ibirapuera, zona sul de São Paulo pede socorro. Nesta quinta-feira (27) o vereador Gilberto Natalini (PV) foi averiguar de perto a situação já que além da falta de produção de mudas no Manequinho, há informações de que não há jardineiros, auxiliares e encarregados em número suficiente.

11949409_918687974863485_5107489426581255262_n

“Esse é o prefeito mais anti sustentável da história. Ele está acabando com o verde da cidade de São Paulo, que já era pouco. Uma catástrofe”, disse Natalini.
á seis meses nenhuma muda é produzida e a situação é de abandono. Além do Manequinho, outros dois espaços também estão na mesma situação: o Arthur Etzel, na zona leste e o Harry Blossfeld, em Cotia. São três viveiros parados que são responsáveis por fornecer 1,5 milhão de plantas e arbustos, além de 90 mil árvores por ano.
Desde fevereiro, o estoque no Manequinho caiu 8,1% da capacidade anual do espaço de 900 mil mudas. Esse viveiro tem um acervo de mais de 200 tipos diferentes de plantas e, agora sofre com a falta de reposição de estoques.
O viveiro do Parque do Ibirapuera é berçário de boa parte do verde espalhado pela cidade de São Paulo. É um viveiro municipal histórico aberto à visitação e as mudas são muito importantes porque são destinadas aos plantios das áreas públicas da cidade.
São 200 espécies diferentes de plantas com potencial paisagístico e à disposição dos visitantes que podem ver casas de vegetação (estufas) e canteiros suspensos (estufins), entre outros.
 

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.