[18/10/2007 17:13:16] Terreno de usina vai virar parque

Terreno de usina vai virar parque

Usina fechou as portas por reivindicações dos moradores; projeto de lei do vereador Natalini está em vias de ser aprovado

Em funcionamento desde 1974, a Usina de Vila Leopoldina, na Lapa (Zona Oeste), encerrou suas atividades no segundo semestre de 2004. A Usina realizava processos de compostagem de lixo urbano, que produz adubo agrícola a partir de material orgânico. Há anos, a população local vinha reclamando do acúmulo de lixo em áreas inadequadas e do odor desprendido pela usina.

Em abaixo-assinado encaminhado à Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB), o Movimento Popular de Vila Leopoldina exigiu o fechamento da Usina, com o respaldo de mais de seis mil signatários. Antes, a CETESB já havia registrado 550 reclamações da população vizinha e 25 autuações.

Depois que a Prefeitura determinou o fim das atividades da Usina, que costumava produzir 800 toneladas diárias de composto orgânico em uma área de 54 mil metros quadrados, os resíduos domésticos passaram a ser encaminhados para o Aterro Bandeirantes, também administrado pela Prefeitura.

Em dezembro de 2004, o vereador Gilberto Natalini (PSDB-SP) apresentou um projeto de lei que pretende transformar o terreno antes ocupado pela Usina num parque chamado Orlando Vilas Boas. Aprovado em primeira votação pela Câmara, o projeto precisa agora passar por uma segunda para ir à sanção do prefeito Gilberto Kassab.

O prefeito, balizado pela boa aceitação do projeto na Câmara, publicou no dia 6 de outubro a Portaria 1042, determinando a formação de um grupo de trabalho para vistoriar as condições do terreno, a fim de confirmar a viabilidade da construção de um parque no local. Estão envolvidas também as Secretarias Municipais do Verde e do Meio Ambiente, de Serviços e de Coordenação das Subprefeituras.

A aprovação do projeto conduzirá à construção do primeiro parque municipal da Lapa. Mais que lazer, a idéia é valorizar o entorno de Vila Leopoldina e oferecer mais qualidade de vida aos moradores, como resultado da ação conjunta entre população e governo.

UNIFESP realiza Seminario sobre Envelhecimento Ativo e Iniciativas Amigas da Pessoa Idosa

O Seminário sobre Envelhecimento Ativo e Iniciativas Amigas da Pessoa Idosa, organizado pela UNIFESP e pelo Futuridade, com o apoio do Vereador Natalini,  debateu e contribuiu para a divulgação e sensibilização de todos os atores implicados na formulação de planos de ação para o desenvolvimento de cidades amigas do idoso: órgãos governamentais formuladores de políticas, profissionais de saúde, estudiosos e pesquisadores do tema, associações e organizações não-governamentais, além da própria sociedade civil em geral. A ocasião também marcou o lançamento do "Vila Clementino Bairro Amigo da Pessoa Idosa", projeto piloto- para torná-lo um lugar que estimula o envelhecimento ativo, que otimiza oportunidades para a saúde, participação e segurança e que aumenta a qualidade de vida das pessoas que residem no bairro à medida que elas envelhecem.

 

 

 

O evento foi muito caloroso, contou com a presença de mais de 400 pessoas.  Pela manhã aconteceu a palestra do Professor Dr. Alexandre Kalache, médico e pesquisador em Saúde Pública, estudioso do tema envelhecimento há mais de 30 anos, dos quais dedicou-se por mais de uma década à coordenação do programa de Envelhecimetno Global da Organização Mundial de Saúde (OMS). O tema de sua palestra foi "O envelhecimento ativo: um projeto de política de saúde". Na parte da tarde foram apresentadas as ações voltadas à população idosa, realizadas pela Prefeitura Muncipal de São Paulo, através das suas Secretarias de Esportes, Participação de Parceria e Saúde. Para o Lançamento do "Vila Clementino Bairro Amigo da Pessoa Idosa", compuseram a mesa, além do Vereador Natalini, o Reitor da UNIFESP Dr. Walter Albertoni, a Pró Reitora Dra. Eleonora Menicucci de Oliveira, o Chefe do Depto. de Medicina Preventina Dr. Luiz Roberto Ramos, Subprefeito da Vila Mariana Maurício Pinterich, Dr. Alexandre Kalache, Deputado Estadual José Augusto e a Dra. Helena Zaio, representando a Secretaria Municipal de Saúde.

 

O evento aconteceu na última terça feira, 4/08, e o Vereador Natalini fez questão de apoiar na organização e estar presente no evento, pois tem um trabalho importante junto à população idosa. Natalini é autor do projeto de lei de nº 223/08, Lei 14.905, que cria o Programa de Envelhecimento Ativo na cidade de São Paulo. Além disso, quando Secretário de Participação e Parceria, criou a Coordenadoria do idoso e já como Vereador criou e presidiu a Subcomissão do idoso na Câmara Municipal de São Paulo.

 

Segundo Natalini "a população idosa vem crescendo rapidamente, os governos precisam criar urgente ações voltadas para o envelhecimento, principalmente no que se diz respeito à acessibilidade,  prática de atividade física… É muito mais fácil e barato cuidar da saúde das pessoas do que das doenças".

Vereador Natalini participa de reuniao com o Diretor Executivo do Programa das Nacoes Unidas para o Meio Ambiente – PNUMA

Na reunião realizada com a presença do Sr. Achim Steiner – diretor executivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – foi debatido as mudanças de paradigmas e do desenvolvimento econômico do Mundo, do Brasil e de São Paulo diante das graves conseqüências das mudanças climáticas.

 

Participaram da reunião além do Vereador Natalini, o Secretário Municipal do Verde e Meio Ambiente Eduardo Jorge; o Secretário Adjunto de Relações Internacionais Flávio Goldman; o Presidente do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável Marcelo Takaoka; Professor Vanderley John da Universidade de São Paulo; Rachel Biderman da FGVCes; Mário Mantovane da S.O.S. Mata Atlântica; Marcelo Furtado do Greenpeace; Roberto Esmeraldi da Amigos da Terra; Sérgio Mauro do Instituto Socioambiental [ISA]; Cristina Montenegro [PNUMA]; Dr. Carlos Maluf Sanseverino da Comissão de Meio Ambiente da OAB/SP; e Fabio Feldmann.

 

[26/11/2008 12:33:40] Vereador Natalini organiza Consulta Publica para debater politica ambiental

Vereador Natalini organiza Consulta Pública
para debater política ambiental

Aconteceu na segunda-feira, 24, uma Consulta Pública para debater a criação de uma Política Municipal de Mudança do Clima (PMMC). A reunião aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo e contou com a presença do Secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo Jorge, do presidente do Conselho de Meio Ambiente da FIESP,  Walter Lazzarini, e, entre outros, do representante do movimento Nossa São Paulo, Oded Grajew.

Discutiram-se principalmente projetos de lei da Câmara que visam a coordenar as medidas de redução e seqüestro das emissões de gases do efeito estufa, adotadas pela Prefeitura.

O vereador Gilberto Natalini participou da organização da Consulta, mais uma vez balizado por sua preocupação com a causa ambiental e a saúde pública. Segundo ele, que também é médico e membro da Comissão de Saúde, Promoção Social, Trabalho, Idoso e Mulher, é preciso "dar a continuidade aos trabalhos da Câmara Municipal de São Paulo em relação ao aquecimento global e seus efeitos e conseqüências", além de "unir esforços para que tenhamos resultados e São Paulo tenha aprovada sua Política Municipal de Mudança do Clima".

[28/11/2008 09:59:05] Vereador Natalini anuncia: obras do Metro Santo Amaro comecam em janeiro

Vereador Natalini anuncia: obras do Metrô
Santo Amaro começam em janeiro

O vereador Gilberto Natalini, que batalha com a comunidade pelo Metrô em Santo Amaro há 20 anos, participou nessa semana de reunião que discutiu o processo de licitação, já em andamento, para a extensão da Linha 5 – Lilás. Em janeiro, começam as obras.

A extensão da Linha 5 entregará 11 novas estações, entre Santo Amaro e Chácara Klabin, na Vila Mariana. Atualmente, a Linha tem 5 estações ao longo de 8 km – transporta cerca de 90 mil passageiros ao dia. Foi inaugurada em 2002, depois de duas décadas de reivindicações.

Trata-se de benfeitoria muito importante para Santo Amaro e região. Segundo Natalini, "além de valorizar o bairro, andar por Santo Amaro vai ser muito mais rápido, prático e confortável". Outro que sempre batalhou pelo nosso Metrô, o deputado estadual Barros Munhoz, diz que "com mais pessoas optando pelo transporte metroviário, a tendência é que o trânsito nas ruas se alivie".

Tanto Natalini quanto Barros Munhoz  destacaram os benefícios ao meio ambiente. "Menos carros circulando nas ruas significa menor emissão de poluentes", destaca o vereador santamarense.

Vereador Natalini, deputado Barros Munhoz e Bispo de Santo Amaro, Dom Fernando: batalha coletiva por melhorias para o bairro

[12/12/2008 09:14:08] Encontro debate questao do oleo diesel e seus efeitos para a saude publica

Encontro debate questão do óleo diesel e seus efeitos para a saúde pública

Acontece na terça-feira, 16 de dezembro, um encontro na Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) – Campus Villa-Lobos – para debater a questão do diesel e seus efeitos para a saúde pública. O evento acontece sob  organização da Associação dos Professores de Direito Ambiental do Brasil (Aprodab) e se destina a alunos e professores de Direito e da área ambiental.

Participam do referido encontro o professor da USP Paulo Saldiva, a Procuradora da República Ana Cristina Bandeira Lins, o Secretário do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge, e o vereador Gilberto Natalini (PSDB-SP), entre outros.

O principal objetivo do encontro é debater o descumprimento da Resolução 315/02 do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), sobre a redução das partículas de enxofre (altamente poluentes) na composição do óleo diesel. O prazo máximo para o cumprimento desta medida foi estipulado para 2009, mas a Petrobrás, maior estatal do país, anunciou que não o faria.

Os males do diesel sujo

Segundo o professor da USP, Paulo Saldiva, que estará presente no encontro, o não cumprimento da Resolução 315 a partir de 2009 poderá ser responsável pela morte de 25 mil pessoas na Região Metropolitana de São Paulo, nos próximos 30 anos.

Atualmente, das 110 mortes por causas naturais registradas no município, de 12 a 14 são conseqüências do diesel sujo (com alto teor de enxofre), que, segundo Saldiva, pode provocar doenças cardiovasculares, respiratórias e até mesmo câncer, do mesmo modo que o cigarro.

Serviço

Debate: a questão do diesel e seus efeitos para a saúde pública
Data: 16 de dezembro, 3ª feira, das 19h às 22h
Local: Auditório da Universidade de Mogi das Cruzes – Campus Villa Lobos (São Paulo)
Endereço: Av. Imperatriz Leopoldina, 550 – Lapa – São Paulo – SP

[06/03/2009 17:01:58] Linha 5 do Metro: Parabens Santo Amaro

Linha 5 do Metrô: Parabéns Santo Amaro

Por muito tempo lutamos pelo metrô na Zona Sul. Com o deputado Barros Munhoz, o subprefeito Geraldo Mantovani, e ao lado da sociedade civil organizada, entidades como Associação Comercial, OAB, Cetrasa, entre tantas outras, participamos das reivindicações desde os anos 80. Para mim, que sou morador e médico de Santo Amaro há 33 anos, o metrô sempre foi causa de urgência.

Em 1990, o movimento popular da zona Sul se organizou e surgiu a Comissão Coordenadora do Movimento "Metrô – Próxima Estação – Santo Amaro". O movimento foi recebido pelo Governo Paulista que se comprometeu a dar andamento à construção da tão sonhada linha. Na gestão seguinte, começamos a ver os primeiros resultados. As obras foram iniciadas e concluídas em 2002, ligando Capão Redondo ao Largo 13. Um grande começo, mas não o suficiente.

A Linha 5, com seus 8 quilômetros e seis estações, não tinha ligação direta com outras do Metrô – a integração só pode ser feita através da Estação da CPTM. Por isso, nossas reivindicações não pararam e, agora, teremos a extensão do Largo Treze à Chácara Klabin.

Teremos 11 novas estações em 11,4 quilômetros. O início das obras vai ocorrer em junho e a previsão de entrega total é para 2014. A zona Sul terá 20 quilômetros de linhas e 17 estações, e capacidade para transportar 600 mil passageiros/dia.

Agora que nossas reivindicações estão sendo atendidas tal como necessitamos, é importante que nós, população, sigamos nosso direito – bem como dever – de acompanhar o andamento do processo. A boa notícia do momento é que, após os necessários ajustes, a tradicional Galeria Borba Gato será preservada. Um exemplo de que, com participação e boa vontade, tudo pode se ressolver, mesmo diante de uma intervenção urbana tão complexa como é a instalação do Metrô. Santo Amaro dá mais um passo adiante neste início de ano.

Gilberto Natalini, médico e vereador (PSDB/SP)
www.natalini.com.br
natalini@camara.sp.gov.br
Tel. (11) 3396-4405

[10/03/2009 16:13:27] Os perigos do aquecimento global

Os perigos do aquecimento global

Em discurso da tribuna da Câmara, vereador Gilberto Natalini explica que "essa situação dramática – que significa uma ameaça, inclusive, à sobrevivência da humanidade – se dá por causa do aquecimento global e das mudanças climáticas decorrentes desse fenômeno, decorrentes da emissão de carbono – que dobrou na atmosfera nos últimos 150 anos -, que ocorre justamente pela mão da atividade humana sobre a natureza".

Algumas medidas práticas têm sido encaminhadas por parte da Prefeitura, por parte do Governo do Estado, por parte da própria sociedade civil organizada. Porém, ainda é muito pouco o que está sendo feito. Leia a íntegra do discurso do vereador Gilberto Natalini na Câmara Municipal de São Paulo.

[13/03/2009 18:32:59] Vereador Natalini discute com a Prefeitura o reaproveitamento da poda de arvore

Vereador Natalini discute com a Prefeitura o reaproveitamento da poda de árvore

O secretário do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge, conheceu nessa semana o processo de transformação de resíduos de podas de árvores (troncos, galhos e folhas) em matéria prima para produção de adubo, cabos de ferramentas e utensílios e até biocombustível – o briquete. O programa, decorrente de Lei do vereador Gilberto Natalini (Projeto de Lei – 0300/2007), vem sendo adotado desde o ano passado em Santo Amaro. Será implantado também nas subprefeituras da Lapa e Cidade Ademar.

"Estamos triturando em média um caminhão de galhos por dia", conta orgulhoso o subprefeito de Santo Amaro, Geraldo Mantovani, destacando que "o material triturado está sendo utilizado para compostagem, que é utilizada em nossas Praças".

Também estão recebendo o adubo os Parques do Cordeiro e Severo Gomes, além do Viveiro Municipal de Cotia (Ceducam). O serviço é realizado por servidores da Unidade de Parques e Jardins da Prefeitura, que receberam treinamentos da empresa que forneceu o equipamento.

Além do vereador Gilberto Natalini estiveram presentes o secretário do Verde e Meio Ambiente, Eduardo Jorge, os subs Geraldo Mantovani (Santo Amaro), Beto Mendes (Cidade Ademar), José Franklin (Jabaquara), Antônio Perosa (Vila Maria) e Cássio Loschiavo (Penha), o responsável pelo setor de Parques da Secretaria de Coordenação de Subprefeituras, André Graziano e os representantes das subs de São Mateus, Perus, Aricanduva e Lapa.

[16/03/2009 10:09:24] Comecam preparativos para Conferencia P + L

Começam preparativos para Conferência P + L

Já estão em andamento os preparativos da 8ª Conferência Municipal Produção Mais Limpa (P+L), idealizada e organizada pelo vereador Gilberto Natalini (PSDB-SP). Neste ano, o evento acontece no dia 26 de maio, no Memorial da América Latina, com o título "Saúde e Ambiente: impactos das mudanças climáticas".

Na primeira reunião preparatória, ocorrida no dia 11/03, traçou-se uma retrospectiva das conferências anteriores, com apresentação de resultados práticos obtidos através delas. Compareceram representantes de diversas instituições e órgãos renomados, como a Secretaria do Verde e Meio Ambiente, a de Relações Governamentais e a de Educação, a Cetesb, o Metrô, a Fiesp, a Faculdade de Saúde Pública da USP, a PricewaterhouseCoopers, entre outros.

A Conferência P + L tem por objetivo abordar temas relacionados ao conceito de produção limpa estabelecido pela ONU, de forma a promover o desenvolvimento sustentável.

Em cada edição, o evento traz um foco diferente, conforme segue: A saúde da Cidade – Políticas públicas (2002); P + L na Cidade e na Indústria (2003); Ferramentas para Sustentabilidade (2004); Gestão Ambiental (2005); Resíduos Sólidos (2006); Aquecimento Global (2007); O Etanol e a Cidade de São Paulo: Suas Perspectivas e Oportunidades (2008). Ouça matéria da Rádio CBN

SERVIÇO:
8ª Conferência Municipal de Produção Mais Limpa
Saúde e Ambiente: impactos das mudanças climáticas
Local: Memorial da América Latina – Auditório Simon Bolivar
Data: 26 de maio de 2009 (terça-feira)
Horário: das 8h às 18h

Veja fotos da reunião: