Monumento às Bandeiras ganhou "protetores auditivos" no dia do ruído

Em 26 de abril, para marcar o Dia Internacional de Conscientização sobre o Ruído (o International Noise Awareness Day – Inad), as esculturas do Monumento às Bandeiras, em frente ao Parque Ibirapuera, ganharam “protetores auditivos” com o objetivo de chamar atenção das pessoas em relação ao tema. No local, como parte da campanha ”Conforto acústico e educação, um bem para você e sua audição”, foi realizado, das 14h25 às 14h26, um minuto de silêncio que acontece no mesmo horário em outros países.

18057185_652424991612351_3675692316262510234_n

Iniciativa da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo (SVMA), por meio do Departamento de Educação Ambiental da Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz (UMAPAZ) e da ProAcústica (Associação Brasileira para Qualidade Acústica), a ação foi concebida com o objetivo de alertar a população sobre os efeitos do ruído na saúde, qualidade de vida e meio ambiente.

eca75e4d-5d59-41e7-860d-bcaa9089d907

O prédio da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, que fica próximo ao monumento, foi iluminado com a cor amarela, tema do Inad 2017. A ação visa também incentivar a adoção de políticas públicas para enfrentar e combater as diversas formas de poluição sonora, por meio de medidas mitigatórias e compensatórias para as emissões de ruído nas esferas pública e privada.

18119268_652424978279019_7537763401143020813_n

Entre as atividades foi realizada no período noturno, na sede da UMAPAZ, no Parque Ibirapuera, uma solenidade que reuniu autoridades públicas, especialistas, associações de bairro, estudantes e a população em geral. A ideia foi promover um debate sobre o tema e possíveis soluções para a conquista de uma cidade mais silenciosa.

18119503_652425068279010_1180572776500262227_n

“Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o ruído urbano está em segundo lugar, entre os maiores problemas ambientais causadores de doenças no mundo. Não podemos ficar de braços cruzados, políticas públicas precisam ser implementadas com urgência”, alertou Gilberto Natalini, Secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente.
Participaram da mesa diversas autoridades, entre elas: Gilberto Natalini- Secretário do Verde e do Meio Ambiente, Representante da Polícia Militar Ambiental, Sr. Wanderlei Pereira- Diretor do Psiu, Sr. Edison Claro de Moraes- Presidente da ProAcústica, representantes das Secretarias de Licenciamento e Saúde, representantes da USP e UNIFESP e o Sr. Cesar de Aguiar- Cônsul do Chipre.
“Me comprometo a articular um comitê intersecretarial para regulamentação da Lei 16.499, que determina à Prefeitura de São Paulo o desenvolvimento e implantação do Mapa do Ruído Urbano na cidade. Aproveito a presença do Cônsul do Chipre para pedir uma abertura com a União Europeia na execução desse mapa. Fechamos também uma parceria com o IPT no que diz respeito a implantação de 2 “barulhômetros” na cidade para medir o ruído”, disse o secretário Gilberto Natalini.
 
 

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.