Viva o Parque Orlando Villas Boas!!!!

A SABESP deu parecer favorável para reabertura da fase 1 do parque Orlando Villas Boas, agora aguarda manifestação da Prefeitura de São Paulo e do Ministério Público. O vereador Gilberto Natalini (PV) é o autor da Lei que criou o parque (LEI Nº 14.686) em 2008.


Localizado na Vila Leopoldina, o parque está fechado desde o dia 9 de março de 2015. O pedido de fechamento foi feito pelo Ministério Público de São Paulo em 2012, e está com a juíza Celina Toyoshima da 4ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central. A medida de segurança foi tomada devido às suspeitas de contaminação do solo. Na área, de 55 mil m², já funcionou uma unidade de tratamento de esgoto da Sabesp por 30 anos. Em área próxima, está o terreno que pertenceu a ex-usina de compostagem da Vila Leopoldina ( cerca de 1.000 metros quadrados e que pertence ao município).
Há dois anos, a Cetesb fez um estudo de passivo ambiental constatou a existência de contaminação em uma área próxima, que não faz parte do parque e está fechada ao público, segundo a Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente. A análise do laudo na área dos 55 m² onde se encontra o parque Orlando Villas Boas, apontou uma contaminação sem risco para a comunidade.
Em seu parecer a SABESP apresenta critérios objetivos para liberação da Fase 1 do Parque, entre eles: a Prefeitura deverá assumir todas as despesas de utilização da área, entre elas segurança e manutenção; abertura somente da Fase 1, todas as demais áreas deverão ficar devidamente isoladas, além da Preservação Ambiental.
“Nossa luta pela reabertura do Parque Orlando Villas-Boas continua. Por nossa Lei o Parque foi criado! Contra nossa vontade o parque foi fechado! Agora as coisas estão se encaminhando para a solução da reabertura. Nossa luta, junto com a comunidade da Lapa e Vila Leopoldina tem sido árdua e AGORA TEMOS MAIS UM PASSO VITORIOSO!
Segue para conhecimento a manifestação da SABESP liberando a reabertura do Parque de forma criteriosa. Agora a decisão depende do Judiciário. Estamos acompanhando de perto e nosso objetivo é reaver o Parque para uso da população. Viva o Parque Orlando Villas-Boas”, disse Natalini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *