Vereador Natalini informa ONU, SOS Mata Atlântica, Greenpeace e autoridades sobre ocupação da área invadida no M'Boi Mirim

O vereador e médico Gilberto Natalini reitera a defesa que vem fazendo da área de proteção de manancial na região do M’Boi Mirim, desde que o terreno foi invadido no início de dezembro e até o momento nada foi feito para solucionar o problema.

Jardim-

Em ofícios enviados à Organização das Nações Unidas (ONU), Organização dos Estados Americanos (OEA), SOS Mata Atlântica, Greenpeace, ao prefeito da capital, Fernando Haddad, ao Secretário Estadual da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, entre outras autoridades e ONGs, neste 24 de janeiro, Natalini pede “apoio para coibir a despropositada ocupação, que comprometerá, para sempre, a área remanescente de Mata Atlântida, imprescindível provedora de água e qualidade de vida para a nossa Cidade de São Paulo”.
O secretário Grella Vieira respondeu o ofício do vereador Natalini e recomendou aos responsáveis que tomem as devidas providências. Em sua resposta, o secretário diz que “seja recomendado ao comandante do policiamento ambiental e à autoridade policial com atribuição, especial atenção para as situações que justifiquem pronta intervenção, seja para autuação administrativa, seja para desencadeamento de eventual persecução penal”.
Mata nativa
O terreno de dois milhões e duzentos mil metros quadrados, de mata nativa situado à Estrada de M’Boi Mirim, altura do nº 7.000, próximo à Rua Clememcy – é de propriedade particular, mas está reservado para a implantação de área de preservação pelo Decreto de Utilidade Pública, nº 51.713/2010, que foi elaborado com a colaboração do mandato de Natalini.
São mais de cinco mil pessoas distribuídas em acampamentos em todo a área, o que coloca em risco a Represa da Guarapiranga, a “caixa d’água” que abastece mais de quatro milhões de pessoas.
“Queremos externar que compreendemos as necessidades habitacionais das pessoas que estão ocupando a área e defendemos uma solução negociada por parte do Poder Público”, afirmou Natalini. “Pois entendemos que esta área não é própria para habitação por ser área de preservação ambiental e manancial da cidade”.
É importante ressaltar que a capital já tem carência de abastecimento de água que é coletada a centenas de quilômetros. Além disto, a cidade precisa de áreas verdes, pois as temperaturas estão cada vez mais altas.
O mandato do vereador Natalini tem feito tudo o que é possível em defesa da área como envio de ofícios para as autoridades responsáveis para que sejam tomadas as devidas providências para a solução do problema, o Ministério Público foi acionado, além da divulgação da luta pela preservação da área do M’Boi Mirim na imprensa e redes sociais.
Em dezembro foram enviados ofícios ao Prefeito da capital e ao Governador, além de representação ao Ministério Público Ambiental para que sejam tomadas providências que garantam a preservação desta importante área para a população paulistana.
Veja as autoridades que receberam os ofícios em defesa da área no M’Boi Mirim:
· ONU – Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA/ONU);
· OEA;
· Greenpeace;
· Fundação SOS Mata Atlântica;
· Prefeito da capital Fernando Haddad;
· Secretário Estadual da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira;
· Secretarias Municipal e Estadual do Verde e Meio Ambiente;
· Subprefeitura do M’Boi Mirim;
· Secretaria Municipal das Subprefeituras;
· Secretaria Municipal de Segurança Urbana;
· Comandante da Política Militar do Estado de São Paulo;
· Ministério Público do Estado de São Paulo;
· Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo;
· Presidente da Comissão de Meio Ambiente da Alesp;
· Liderança do PV da Alesp;
· Ministério do Meio Ambiente;
· Conama;
· Presidente da Câmara dos Deputados;
· Comissão de Meio Ambiente da Câmara Federal;
· Liderança do PV da Câmara Federal;
· Comissão de Meio Ambiente da OAB-SP;
· Comissão de Meio Ambiente da OAB Nacional.
Leia, na íntegra, cópia do ofício enviado à ONU (PNUMA) e ao Secretário da Segurança do Estado Fernando Grella Vieira
Leia, na íntegra, cópia do ofício enviado ao prefeito Fernando Haddad
Veja a documentação completa sobre a Invasão

About natalini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.